O Sistema da Chave Mestra - Prefácio

20 de Janeiro de 2020

Conforme prometido segue o resumo do prefácio do livro “O Sistema da Chave Mestra” de Charles F. Haanel.

Prefácio

As mais poderosas forças da natureza são as forças invisíveis, porque no homem isso seria diferente?

A força mais poderosa em um homem é a sua força espiritual. E a única maneira que a força espiritual pode se manifestar é através do pensamento.

O pensamento é a única atividade que o espírito possui. Portanto, a razão é um processo espiritual; idéias são conceitos espirituais; perguntas são lanternas do espírito; e a lógica, argumentação e a filosofia são o maquinário do espírito.

Todo pensamento coloca em ação certos tecidos físicos, partes do cérebro, nervos e músculos.

O sistema nervoso autônomo não só dirige as funções da vida vegetativa como: a respiração, circulação do sangue, controle de temperatura e digestão. Ele dirige também todas as sensações subjetivas, como a alegria, medo, amor, emoção e imaginação, alterando o nosso corpo físico dependendo do sentimento, como por exemplo, o aumento da pressão arterial em caso de estresse ou a diminuição dela em caso de calma; assim como, todos os outros fenômenos subconscientes.

Produzindo uma real mudança física no indivíduo, portanto, é necessário apenas se ter um certo número de pensamentos sobre um determinado assunto, a fim de provocar uma mudança completa na organização física de uma pessoa.

Este é o processo pelo qual a derrota é transformada em sucesso. Pensamentos de coragem, poder, inspiração e harmonia, substituem os sentimentos de fracasso, desespero, falta, limitação e discórdia.

E como esses pensamentos alteram o tecido físico, eles se enraízam e o indivíduo vê a vida sob uma nova luz, todas as coisas se tornam novas, ele nasce de novo, ele é reconstruído, cheio de alegria, confiança, esperança e energia.

Seguindo o “Sistema da Chave mestra” você trará para sua vida mais poder, a consciência do poder. Mais saúde, a consciência da saúde. Mais felicidade, a consciência da felicidade.

Vivencie essas coisas até que elas se tornem suas por direito. Tornar-se-á impossível mantê-las longe de você.

Você não precisa adquirir esse poder. Você já o tem. Mas você deve entende-lo; você deve usá-lo; você deve controlá-lo; você deve se impregnar dele, para poder seguir em frente e levar o mundo adiante com você.

No simples exercício do pensamento, um homem muda não apenas a si mesmo, mas também seu ambiente, circunstâncias e condições. As possibilidades são tão maravilhosas, fascinantes, tão ilimitadas que é quase desconcertante.

Dia após dia, à medida que sua inspiração se expande, à medida que seus planos se cristalizam, você perceberá que o mundo é uma coisa viva e interconectada!

A maioria das pessoas vive apenas no mundo exterior; poucos encontraram o seu mundo interior, e muito menos o dominam. Mas como são os pensamentos que moldam a realidade, o ambiente e todas as experiências da vida são o resultado de nossa atitude mental habitual ou predominante.

Precisamos “ser” antes que possamos “fazer” e podemos “fazer” apenas na medida em que nós “somos”, e o que “somos” depende do que “pensamos”.

Não podemos expressar poderes que não possuímos. A única maneira pela qual podemos garantir posse de poder é tornar-nos consciente do poder, e nunca podemos nos tornar conscientes do poder até que aprendamos que todo poder vem de dentro.


Estamos postando semanalmente o resumo de cada uma das 24 partes do livro. Mas não se esqueça que você deve realizar todos os exercícios propostos, senão você não obterá nenhum resultado.